quarta-feira, junho 1

No JB, Watergate é feature em página par


Será que eles emplacariam o caso no JB?

"Sou o cara que chamam de Garganta Profunda". A frase de Mark Felt, ex-número 2 do FBI, encerrou o mistério em torno do caso Watergate, que derrubou o presidente Nixon. A história foi publicada ontem pela revista Vanity Fair e reproduzida hoje, com destaque, nos jornais de todo o mundo. Impossível ignorar um velhinho que, aos 91 anos, revela-se protagonista de um dos episódios mais importantes da história do jornalismo.

Impossível? Não no Centenário, onde o Deep Throat - que abriu as editorias internacionais de Globo, Folha e Estadão - virou feature de página par. Os responsáveis pela primeira página também fizeram sua parte: esconderam a história no cantinho inferior à direita, habitualmente dedicado a um anúncio das Casas Bahia.

Bob Woodward e Carl Bernstein tiveram sorte de estar no Post de 1972. No JB de 2005, provavelmente não conseguiriam contar a história que entrou para a História. Nem em colunão.

2 Comments:

At 02 junho, 2005 00:16, Blogger Dr.Brito said...

Perfeito, caro Castelo. Apesar de teres me esculhambado no meu texto, devo dizer que sua análise é perfeita.
Mais uns cinco anos de rádio-escuta no Jotinha e você chega ao meu nível - até porque, a escuta no Jotinha, como todo mundo sabe, é feita usando o plantão do Globo On.

 
At 02 junho, 2005 02:01, Blogger Carlos Castello Branco said...

obrigado, doutor brito. e aquele aumento que o senhor me prometeu em 1963?

 

Postar um comentário

<< Home