segunda-feira, setembro 12

Marquinhos não morreu (no JB)


AMIGO CARECA - Será o Josa?

Depois de fazer sumir os funcionários, transformando repórteres e editores em empresas prestadoras de serviço, o Jota resolveu se especializar em outro milagre: o extermínio da notícia.

Ok, o fenômeno não é novo. Tampouco surpreende o leitor do Avenida Brasil, já acostumado às picaretagens que imperam no Centenário de alguns anos para cá. Mas estão exagerando na dose.

Neste sábado, o JB resolveu ignorar o assassinato do traficante Marquinhos Niterói, apontado como o braço direito de Fernandinho Beira-Mar. O bandido, que comandou o fechamento do comércio em toda a cidade em setembro de 2002, foi enforcado em sua cela no presídio "de segurança máxima" Bangu 3. Nas barbas, portanto, do governo do estado.

Segundo os jornais (os outros, claro), o crime aconteceu às 9h30. Tempo suficiente para que o Centenário tomasse conhecimento, mesmo numa redação que dispensa recursos ancestrais como o rádio de escuta policial. Também não adianta culpar a falta de espaço, vide títulos como Passeata pela ética na orla de Ipanema e Mau tempo dá trégua aos cariocas, publicados no mesmo sábado em que o Jota decidiu ignorar a notícia do dia.

Ao passarem a tesoura no noticiário, os sábios a serviço do Acionista tentaram bajular seu amigo e patrocinador-maior, Anthony Garotinho. Por tabela, prestaram serviço a outro deliqüente - o Beira-Mar - que continua queimando arquivos e mandando no estado.

1 Comments:

At 12 setembro, 2005 01:27, Anonymous Anônimo said...

Your blog is thorough If you have a weight issue, I'm sure you'd be interested in gastric bypass surgery pursuing gastric bypass surgery

 

Postar um comentário

<< Home